RC_muitonova
O governador Ricardo Coutinho (PSB) aproveitou sua passagem pelo Sertão da Paraíba para comentar a decisão do PSDB, que em reunião da Executiva Estadual, realizada nesta segunda-feira (24), oficializou a recomendação aos filiados para entregarem cargos que ocupam no governo do estado e anunciou o início de consulta popular para decidir se a legenda terá candidatura própria ou optará pela manutenção da aliança com o socialista.
Ricardo Coutinho tratou de deixar claro que no governo só ficará quem realmente defender a gestão. “Dentro do governo não pode haver gente que não esteja no governo. Portanto, aqueles que não estão com o governo devem realmente sair do governo, devem apresentar seu pedido de exoneração para que saiam do governo, sem qualquer problema, e aqueles que querem continuar no governo serão muito bem-vindos, mas desde que estejam com o governo”, disse.
O governador ainda lamentou a tentativa de tentar responsabilizá-lo pelo rompimento da aliança. “Se tentou de todas as formas criar uma situação para me colocar como causador do rompimento. A população sabe o que ocorreu nos últimos três anos e três meses de mandato, sabe que eu tenho cumprido todos os meus compromissos, sabe que eu honro o cargo que eu exerço, a minha parte eu faço, agora cada um tem o direito de seguir”, declarou.
Ele também afirmou que nos últimos meses tem se mantido resignado diante de declarações de políticos ligados ao senador Cássio Cunha Lima que se manifestaram contra a manutenção da aliança. “Eu fiz tudo para que isso não ocorresse, a Paraíba sabe disso. Não respondi provocações de vereadores de Campina Grande, não respondi provocação de presidente de partido, fiquei absolutamente na minha”, argumentou.


Fonte: Blog do Gordinho